Artigos

Etanol reduz estoques de milho dos EUA

12 DE Dezembro de 2017

No milho, o USDA aumentou a estimativa de consumo total dos EUA, que passou dos 366,6 milhões de toneladas do mês passado para 367,9 milhões. O ajuste veio da expectativa de aumento do uso de milho para etanol, que subiu para 140,3 milhões de toneladas.

Com consumo mais alto, a projeção de estoques finais caiu dos 63,2 milhões de toneladas de novembro para 61,9 milhões de toneladas – abaixo dos 62,9 milhões esperados pelo mercado. Mesmo assim, a relação estoque/consumo continua confortável, em 16,8%.

Como é tradicional em dezembro, o USDA também não mexeu na produção de milho dos EUA, cujo número final será divulgado em janeiro.

EUA Oferta e Demanda de Milho

USDA/AGRURAL  Área em milhões de hectares, produtividade em sacas de 60 kg por hectare e demais itens em milhões de toneladas, exceto % e dias.

Quadro mundial inalterado
No quadro mundial de milho, o USDA manteve inalteradas as projeções de produção para o Brasil (95 milhões de toneladas) e para a Argentina (42 milhões de toneladas).

MUNDO Oferta e Demanda de Milho

USDA/AGRURAL  Em milhões de toneladas, exceto % e dias.

Veja Também