Artigos

Safra de soja sobe para 114 milhões de toneladas e encosta em recorde

11 DE Janeiro de 2018

A AgRural concluiu nesta semana uma nova revisão da safra brasileira 2017/18 de soja. A produção, projetada no mês passado em 112,9 milhões de toneladas, foi elevada para 114 milhões. O número é bem próximo do recorde de 114,1 milhões de toneladas obtido na safra 2016/17 devido ao aumento anual de 2,5% na área plantada, que é estimada pela AgRural em 34,8 milhões de hectares.

O crescimento de 1,1 milhão de toneladas da produção em relação à estimativa de dezembro deveu-se a ajustes positivos nas produtividades das regiões Centro-Oeste e Sudeste e nos estados do Paraná e de Santa Catarina, onde as chuvas de dezembro e do início de janeiro beneficiaram as lavouras em período reprodutivo. Esses ajustes elevaram a produtividade média do Brasil em 0,5 saca por hectare, para 54,6 sacas. Mesmo assim, essa produtividade ainda é inferior à da safra passada, quando o país colheu média recorde de 56,1 sacas por hectare.

Estados que plantam mais tarde
Apesar do bom potencial das lavouras até o momento, as produtividades médias estimadas para o Rio Grande do Sul e os estados do Matopiba, que plantam mais tarde, foram mantidas e serão revisadas em fevereiro. Nos estados que tiveram ajustes positivos agora em janeiro, as produtividades também serão revisadas no mês que vem, pois o comportamento do clima em janeiro – seja para o término do enchimento de grãos, seja para o avanço da colheita – ainda tem influência dobre o tamanho da safra.

O primeiro levantamento semanal de colheita da AgRural será divulgado na sexta-feira (12).

BRASIL Produção de Soja

CONAB/AGRURAL  Em milhões de toneladas. Produção baseada em crescimento anual de 2,5% na área plantada (para 34,8 milhões de hectares) e em queda anual de 2,5% na produtividade média (para 54,6 sacas por hectare). Estimativa anterior (dez/17): 112,9 milhões de toneladas, com área de 34,8 milhões de hectares e produtividade de 54,1 sacas por hectare.

Veja Também