Artigos

Ajuste fino reduz produção de milho do Centro-Sul para 53,4 milhões de toneladas

30 DE Julho de 2018

A AgRural finalizou na última sexta-feira (27) uma nova revisão em sua estimativa de produção de milho segunda safra. A produção do Centro-Sul do Brasil, que no início de julho foi estimada em 53,6 milhões de toneladas, caiu para 53,4 milhões. A produtividade média da região é projetada em 86 sacas por hectare, contra 86,3 sacas na estimativa anterior e 96,9 sacas por hectare no ano passado. A área, estável em relação à estimativa precedente, mas 5,2% menor que a plantada em 2017, é de 10,3 milhões de hectares.

Estiagem

A queda de 191 mil toneladas em relação à estimativa anterior deveu-se a pequenos ajustes para baixo na produtividade do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul – estados mais afetados pela estiagem durante a fase reprodutiva das lavouras. A produtividade de Mato Grosso e Goiás, que foi ajustada para cima no início do mês, foi mantida, enquanto a de Minas Gerais aumentou.

Produção do Brasil cai para 56,8 mi de t

Combinando os números da AgRural para o Centro-Sul com as estimativas da Conab para o Norte/Nordeste, a produção de milho segunda safra do Brasil em 2018 fica em 56,8 milhões de toneladas, ante 57,1 milhões estimados no início do mês e 67,4 milhões de toneladas em 2017.

MILHO 2a SAFRA  Estimativas Mensais de Produção em 2018

AGRURAL  Em milhões de toneladas. **Conab para Norte/Nordeste e 2017.

Veja Também