Artigos

Fretes ficam até 74% mais caros em um ano

25 DE Julho de 2017

Demorou mais que o normal, mas os preços dos fretes subiram, e muito, nos últimos dias. Todos os trajetos pesquisados pela consultoria Safras & Mercado, tiveram incremento nos valores. Em alguns casos, como o trecho entre Dourados (MS) e o porto de Paranaguá (PR), o preço subiu 74%, quando comparado ao ano passado.

Em 19 de julho de 2016 o frete partindo de Mato Grosso do Sul, rumo ao porto do Paraná, custava R$ 115 por tonelada. Este ano, o preço subiu para R$ 200. A coisa por lá está tão ruim, que em uma semana apenas o preço subiu 21%.

Outro trajeto que também viu os valores saltarem astronomicamente em um ano, foi o ligando Cascavel (PR), ao porto de Paranaguá. No ano passado o preço por tonelada era de R$ 75 e hoje está em R$ 125, ou seja 67% mais caro. E olha que o preço deste percurso chegou a valer R$ 130, a uma semana atrás.

De Rio Verde (GO), até o porto de Santos os preços dos fretes subiram 34% em um ano, de R$ 150 por toneladas em 2016, para R$ 200 neste ano.

Um dos trechos mais procurados, Sorriso (MT) até o porto de Santos, o levantamento do Safras & Mercado não colocou o valor, mas em uma pesquisa nas notícias da época,  o valor girava em torno de R$ 270 a tonelada, o que representa 11% menor que neste ano.

Na média de todos os trechos os preços dos fretes neste ano estão 24% mais altos que na mesma época de 2016.

Daniel Popov, de São Paulo.

Veja Também

Política de Privacidade