Artigos

Paraná está em alerta por falta de chuva em áreas de milho safrinha

20 DE Abril de 2018

O tempo mais seco registrado em abril e a previsão de pouca chuva para as próximas duas semanas mantêm os produtores de milho segunda safra em alerta no sul de Mato Grosso do Sul, sul de São Paulo e especialmente no Paraná. Apesar de ainda não haver perdas, a situação do oeste paranaense é a que mais inspira cuidado. Com 40% do milho em fase reprodutiva, a região recebeu poucas chuvas nos últimos 20 dias e não tem volumes dignos de nota previstos para o restante do mês.

MG, GO, norte de SP e Mato Grosso
Em Minas Gerais, Goiás e norte de São Paulo, pancadas de chuva têm favorecido o desenvolvimento da safrinha. Em Mato Grosso, o milho segue se desenvolvendo bem e deve registrar boas produtividades nas áreas mais adiantadas do oeste e norte, onde a colheita começa em meados de maio. Mas as lavouras do sul e do leste, que são plantadas mais tarde, ainda precisam de chuva nos últimos dias de abril e ao longo de todo o mês de maio.

Veja Também

Política de Privacidade