Artigos

Plantio rápido de soja já sinaliza colheita firme em janeiro e boa janela para a safrinha de milho

01 DE Novembro de 2021

A área a ser cultivada com soja na safra 2021/22 do Brasil estava 52% semeada até quinta-feira (28), contra 38% uma semana antes e 42% no mesmo período do ano passado, de acordo com dados da AgRural. Pela terceira semana consecutiva, o plantio ocupa o posto de segundo mais acelerado da história, atrás apenas da safra 2018/19.

O bom ritmo dos trabalhos deve-se às chuvas mais abundantes e regulares registradas em outubro, num cenário bem mais tranquilo que o observado um ano atrás. Em algumas áreas, especialmente no Paraná, até choveu em excesso, o que pode levar ao replantio de algumas lavouras isoladas – nada que comprometa, por ora, o bom andamento da safra.

Com a semeadura da soja na reta final, Mato Grosso já garantiu uma boa janela para o plantio da segunda safra de milho nos dois primeiros meses de 2022, que será prejudicado somente se chover demais no período a ponto de atrasar a colheita da oleaginosa. As primeiras áreas plantadas com soja no estado, aliás, já devem começar a ser colhidas na semana do Natal, reforçando a expectativa de abastecimento normal em janeiro. 

Milho verão


O plantio da safra de verão 2021/22, por sua vez, chegou na quinta-feira (28) a 63% da área estimada para o Centro-Sul do Brasil, contra 53% uma semana antes e 54% no mesmo período do ano passado. As condições climáticas têm sido favoráveis ao plantio e ao desenvolvimento das lavouras em toda a região. 

Veja Também

Política de Privacidade