Artigos

Transporte ferroviário de cargas no Brasil cresce 30% em 10 anos

25 DE Julho de 2017

Em dez anos, entre 2006 e 2016, o volume de cargas transportadas no Brasil por trens saltou quase 30%, de acordo com o Anuário do Setor Ferroviário, publicação da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), órgão vinculado ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), e responsável pela regulamentação de serviços do setor.

O aumento do volume representa 114,691 milhões de toneladas. Só de minério de ferro, o incremento foi de 281,691 milhões de toneladas para 397,639 milhões, sem contar a evolução do transporte de produtos, como açúcar e de carga de contêineres, que também cresceram.

O anuário demonstra ainda que houve redução do número de acidentes. No que diz respeito à velocidade média das locomotivas, apenas uma concessionária não registrou diminuição da velocidade, o que, de acordo com a ANTT, é motivado pelo aumento do adensamento urbano, ou seja, ocupação intensa, e muitas vezes desordenada, do solo.

Os números da ANTT confirmam o crescimento do transporte de cargas por trens anunciado anteriormente pela Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF). Trata-se de uma alternativa que cresce desde o início das concessões ferroviárias no Brasil.

Fonte: ANTT

Veja Também

Política de Privacidade